A Tradição de navegar

TroiaCruze

A Troiacruze foi a primeira empresa privada portuguesa que se dedicou à conservação do nosso património marítimo. A empresa foi criada em 1989 e é sócia fundadora da APPM (Associação Portuguesa do Património Marítimo), que por sua vez está filiada na EMH (European Maritime Heritage Association – www.european-maritime-heritage.org).

No âmbito da conservação do nosso património marítimo, recuperámos dois Galeões do Sal, o Riquitum e o Pego do Altar. São embarcações amigas do ambiente que foram construídas em 1943 e usam como meio de propulsão principal o vento. As velas das embarcações são de fibra sintética resultante da reciclagem do plástico e de algodão tradicional (lona).

Para recuperar, preservar e conferir sustentabilidade ao nosso património marítimo, dedicamo-nos à atividade marítima turística. Em todos os serviços que prestamos em turismo marítimo, apresentamos sempre sugestões personalizadas que poderão ser alteradas modo a atingir 100% das expetativas do cliente para o cruzeiro.

Os nossos cruzeiros têm habitualmente de 3 a 5 horas e buffet incluído, mas ambas as opções podem ser ajustadas às necessidades dos clientes. Também fazemos cruzeiros mais radicais como por exemplo “O Nascer do Sol”, o “Sado ao Luar” e “Yoga no Mar”.

A nossa tripulação

João Barbas
Amante da náutica e da vela • Coastal skipper pela RYA • Engenheiro electrotécnico
Nadiya-Vlasova-640x480-300x300
Nadiya Vlasova
Velejadora formada na Escola da Troiacruze
Aleksandr Vlasov
Velejador formado na Escola da Troiacruze • Engenheiro Industrial • Patrão de Costa
Bárbara Gravanita
Skipper e Bióloga Marinha
Jéssica mirador
Marketing expert